sábado, 20 de março de 2010

Formatura: Patrono ético

Uma escolha infeliz, a meu juízo, protagonizaram os 22 formandos da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas de Goiatuba, no interior de Goiás. Escolheram como patrono o professor Delúbio Soares, ex-tesoureiro do PT, e um dos 40 réus do célebre Processo do Mensalão, que corre no Supremo Tribunal de Justiça.

A motivação da homenagem não foi pelos méritos do educador e sim pela sua capacidade de financiar a festa da formatura.

Saudades da velha UNE dos caras-pintadas! Será que no passado, não muito distante, os estudantes de universitários escolheriam um paraninfo com esse currículo?   

A notícia, na integra, está no site abaixo:
http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/

Um comentário:

Prof Ms João Paulo de Oliveira disse...

Prezado Vulmar Leite!
Que desconforto saber da lamentável escolha para o Patrono da formatura dos formandos da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas de Goiatuba-GO... Considero um paradoxo os formandos escolherem um patrono, que tem uma vida pública maculada e mais ainda ter ciência que foi escolhido por questões PECUNIÁRIAS...
Apesar da minha incredulidade desejo intensamente que a Páscoa nos traga realmente VIDA NOVA com esperança de dias melhores para a nossa amada Pátria, que ainda tem palmeiras e sabiás, bem como patrícios exauridos, envergonhados e desalentados de verem e sentirem na pele os efeitos de tantas falcatruas perpetradas por gerenciadores inidôneos do erário público.
O que nos espera?
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Diadema-SP