quinta-feira, 21 de abril de 2011

Registro - Despedida da Fundação Liberato

Foto: Conselheiros, Lauro Tischer, Maristela Ferrari Ruy Guasselli, Terezinha Roque e Vulmar Silveira Leite; Maria Inês Utzing Zulke, diretora executiva;  Paulo Sérgio da Silva e  Renato Kunst, conselheiros; e Leo Weber, secretário executivo.

No dia 19 de abril formalizei o meu pedido de desligamento e da presidência do Conselho Técnico Deliberativo - CTD,  da Fundação Liberato Salzano Vieira da Cunha, instituição vinculada ao Governo do Estado do Rio Grande do Sul, órgão mantenedor da Escola Técnica Estadual Liberato Salzano Vieira da Cunha, em Novo Hamburgo (RS).

Cumpri um ano do mandato de seis anos para o qual fui designado como representante do  Governo do Estado do Rio Grande do Sul, em 2010. Meu afastamento, voluntário, se deve ao fato de fixar novamente moradia em Santiago e, devido à distância, não poder cumprir com regularidade e eficiência a honrosa tarefa. 

A Fundação Liberato é uma escola técnica de nível médio e técnico integrado, que oferece cursos técnicos nas áreas de Mecânica, Eletrotécnica, Química, Mecânica Automotiva, Eletrônica, Design, Segurança no Trabalho e, mais recentemente, o de Tecnologia da Informação, em três turnos, com mais de 3 mil alunos matriculados, neste exercício.

Além da formação escolar, a Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira, organiza, anualmente, a MOSTRATEC - Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia, com a colaboração de instituições públicas e privadas. Destina-se à apresentação de projetos de pesquisa científica e tecnológica nas diversas áreas do conhecimento humano, desenvolvidos por alunos do ensino médio e da educação profissional de nível técnico, do Brasil e de outros países, principalmente da América Latina.

O evento proporciona a integração entre as instituições de ensino, pesquisa e o meio empresarial, possibilitando o desenvolvimento e a aplicação de novas tecnologias. Diversos empresários já buscam identificar na MOSTRATEC futuros profissionais de interesse de suas empresas.

Um comentário:

Prof Ms João Paulo de Oliveira disse...

Prezado engenheiro Vulmar Leite!
Creio que o Senhor tomou uma decisão racional, devido a mudança de domicílio, ao desligar-se da prestigiosa Fundação Liberato Salzano Vieira da Cunha, todavia acredito que os membros do Conselho e os demais gerenciadores não aceitaram docilmente sua iniciativa... São cidadãos, como o senhor, que nos dão esperanças de dias melhores! Parabéns por tornar de domínio público sua decisão voluntária, que deixa patente sua seriedade em gerir uma Fundação que é referência no seu pujante Estado Meridional!
Saudações democráticas!
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Diadema-SP