segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Maluf quer aliança com PT para apoiar Palocci em SP

Custo a acreditar que esta noticia reproduzida abaixo, publicada no Blog do Josias de Souza, é verdadeira, mas no decorrer dos próximos meses poderemos confirmar ou não a sua veracidade.

"Enquanto espera por uma definição de Lula, Antonio Palocci (PT-SP) ganhou uma adesão inusitada: Paulo Maluf (PP-SP). Velho adversário do petismo, Maluf é agora um tenaz apoiador do governo Lula na Câmara. E deseja estreitar ainda mais a ex-inimizade. Manifesta o anseio de participar de uma coligação partidária de apoio à eventual candidatura de Palocci ao governo de São Paulo.


Maluf expressou o desejo há cinco dias. Deu-se durante uma feijoada que ofereceu aos amigos, para festejar a passagem do seu 78º aniversário. Conservador extremado, Maluf disse que, perto do PT de hoje, considera-se um “comunista”. Declarou: “Estou à esquerda do PT e apoio o Palocci”. Atribui ao ex-czar da economia o feito de ter modificado Lula, guiando-o pelas trilhas do livre mercado. “Lula ia ser o Fidel do Brasil, mas ele mudou, graças a Deus”.


Maluf faz coro com a Velhinha de Taubaté e com o STF. Para ele, Palocci não ordenou a violação do sigilo bancário do caseiro Francenildo Costa. Protagonista de inúmeros casos de corrupção, Maluf afirmou que a imprensa precisa aprender que a Justiça não existe apenas para condenar. “É também para inocentar. E Palocci foi inocentado. Não interessa se por 5 a 4, 6 a 3 ou 9 a 0. O que interessa é que ele foi absolvido”.


Na última sexta (4), Palocci reuniu-se em São Paulo com o grão-petista José Dirceu, articulador informal de Dilma Rousseff. Conversaram sobre 2010. Em relação a São Paulo, concluíram o óbvio: a disputa será “dificílima” para o PT. Palocci encomendou uma pesquisa para medir as suas chances.


Por ora, um pedaço do petismo ainda acalenta a expectativa de que Ciro Gomes (PSB) aceite trocar o palanque presidencial pelo paulista. Ciro faz pose de presidenciável. Mas Lula e o PT aguardam pelo final do mês, quando expira o prazo para a mudança de domicílio eleitoral. Se Ciro transferir o seu título de eleitor do Ceará para São Paulo, manterá na prateleira de opções a hipótese de disputar a sucessão de José Serra. Caso contrário, o caminho estará aberto para Palocci. E para Maluf, até aqui o seu mais vistoso aliado."


Abaixo, fotos dos personagens que serão parceiros e aliados de Maluf?


Um comentário:

Nivia Andres disse...

Custa a crer, por quê? Para este tipo de político, cada vez mais comum e numeroso no nosso país, o que interessa é ascender ao poder ou recuperá-lo, não importando quais meios sejam empregados. Assim, parece bem natural que Maluf se alie a Palocci, afinal, são farinha do mesmo saco de gatos.