quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Na Africa do Sul um pombo é mais rápido que a banda larga

"Uma empresa de informática disse ter provado que é mais rápido transmitir informações na África do Sul com um pombo-correio do que usar o principal provedor de acesso à internet do país, Telekom.

O pombo Winston levou um cartão de memória de quatro gigabytes amarrado em uma das pernas no trajeto de cerca de 80 km entre um escritório da empresa Unlimited IT na cidade de Howick e outro na cidade costeira de Durban.

Segundo a Unlimited IT, levou 1h08 para que a ave chegasse ao destino e mais uma hora para que o conteúdo do cartão fosse colocado em um computador. Durante o mesmo período, a empresa disse que enviou de um computador no primeiro escritório a outro no segundo os mesmos dados e apenas 4% deles haviam sido baixados no destino nesse tempo, apesar de ter sido usada banda larga.

A ideia da prova apareceu quando um funcionário da Unlimited IT, que reclamou da baixa velocidade na transmissão de dados por ADSL.

A prova empolgou alguns sul-africanos - centenas deles acompanharam os lances da corrida na internet em redes sociais como o Facebook e o Twitter."

BBC Brasil

Um comentário:

Nádia disse...

Meu caro: que satisfação encontrá-lo por essas bandas! Por onde andas? O que tens feito? Fomos colegas no Governo Rigotto. Tu na Reforma Agrária e eu na coordenação de eventos. Lembras de mim? Manda-me notícias: meu e-mail é nadiapalegre@hotmail.com. Um grande abraço. Nádia de Souza