segunda-feira, 24 de maio de 2010

Governo Yeda anuncia investimentos em estradas

Com a capacidade de investimentos recuperada pelo ajuste das contas públicas, o Governo do Estado assegura, para 2010, recursos de R$ 1 bilhão para a pavimentação e ecuperação de estradas. São aproximadamente 350 obras em andamento ou em processo de licitação, muitas aguardadas há décadas pela população. Além de aumentar a segurança das pessoas no tráfego e reduzir custos no transporte de cargas, as obras são necessárias para dar suporte ao crescimento da economia do Estado, com reflexos diretos na competitividade dos produtos gaúchos nos mercados brasileiro e internacional.

De acordo com o Sindicato da Indústria da Construção de Estradas, Pavimentação e Obras de Terraplanagem em Geral do Estado do Rio Grande do Sul (Sicepot), é o maior nível de investimentos no setor rodoviário da história do Estado. Segundo o presidente da entidade, Athos Cordeiro, o setor emprega diretamente 15 mil trabalhadores - 5 mil a mais em relação a 2008 -, e a tendência é chegar a 20 mil no final do ano. "Estamos contentes com a atuação do Governo, que tem feito obras e paga em dia. Nossa única preocupação é com a perpetuação desse cenário para os próximos anos, para que os investimentos não parem", afirma o presidente.

Entre as principais obras, e com um dos maiores picos de trabalho no momento, está a RSC-471, que é o mais importante eixo para a ligação entre o Norte e o Planalto Médio ao Porto do Rio Grande, encurtando o percurso em 100 quilômetros até o Sul do Estado. Outra obra estratégica às atividades econômicas, além da segurança dos usuários, é duplicação da ERS-734, entre Rio Grande e Cassino. Na região Central, o Governo inícia asfaltamento na RSC-392, entre Tupanciretã e Santa Tecla, esperado havia seis décadas. A rodovia é mais uma alternativa de ligação entre as regiões Noroeste, Central e Fronteira Oeste, e crucial para o escoamento da produção de trigo e soja da região.

http://www.estado.rs.gov.br/imagens/seloEstadoHor.gif

Um comentário:

Prof Ms João Paulo de Oliveira disse...

Prezado engenheiro Vulmar Leite!
Investimentos deste porte, além de recuperar as estradas, fomenta o desenvolvimento econômico e amplia o mercado de trabalho, facilitando sobremaneira os deslocamentos regionais! Parabenizo a iniciativa alvissareira da Timoneira Mor, a destemida e valorosa Yeda Crusius, do seu conceituado Estado da Federação, que tanto engrandece a nossa amada Pátria!
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Diadema-SP